Projeto Paróquia em Células

 

O que são CÉLULAS?

 

O termo “célula” é sugestivo, pois a Igreja de Cristo, como nos diz São Paulo, é um “corpo” (cf ICor 12, 27) e sabemos que o corpo humano é composto por milhares de pequenas unidades que se juntam para formar o corpo. Essas unidades são chamadas células. Um bebê tem seu início em uma pequena célula no útero da sua mãe, então ela cresce e se multiplica em duas células. Essas duas se transformam em quatro, as quatro em oito e assim por diante.

Uma célula que cresce e se multiplica, transforma-se em um corpo humano, vivo, saudável e maravilhoso! Assim a Igreja de Cristo deve crescer, pois este foi o mandato de Jesus: “Ide, então fazei de todos os povos discípulos meus” (Mt 28,19).

Células de Evangelização - São pequenos grupos, de no mínimo 3 pessoas e no máximo 12 pessoas, que crescem e multiplicam-se como células humanas.

"Diariamente, no templo e de casa em casa, não cessavam de ensinar e de anunciar a Jesus, o Cristo" (At 5,42)

 

O Objetivo principal de uma célula é ganhar pessoas para o Senhor Jesus Cristo, levando-as a viver uma vida plena em Deus, através do discipulado. Considerando que muitas pessoas serão ganhas, a reunião da célula terá tantas pessoas, que haverá a necessidade de multiplicações constantes e, também, treinamento de novos líderes e auxiliares.

A multiplicação é a meta principal de uma célula. Há momentos de oração, discipulado, comunhão, e missão; porém, o alvo de uma célula é crescer e multiplicar-se até que todos os seus integrantes sejam líderes de novas células. Cada discípulo é um líder em potencial e, na visão celular no modelo dos doze – M12 – ninguém pode ficar parado e nenhuma célula pode ficar estagnada – senão morre.

Uma célula viva cresce, ganha novas pessoas e, por isso, multiplica-se constantemente.

 

 

FONTE: http://www.paroquiaespiritosanto.com.br/celulas