Apostolado do Oratório

 

Coordenação: Irene Slusarz

Encontros: 1º sábado do mês, às 7h, na Igreja Matriz.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Todos se comovem com a narração da história de São José percorrendo a cidade de Belém de Judá, à procura de um teto onde a Virgem Maria pudesse se instalar e dar à luz seu Filho Jesus. Ele vai de porta em porta, recebendo de todos uma recusa fria, e às vezes desconfiada: - Não, aqui não há lugar! Cheio de aflição, José se lembra de uma gruta na qual costumava brincar quando criança. Leva logo Maria para lá. E é nessa gruta que nasce o Menino Jesus, Salvador da humanidade!

O Apostolado do Oratório, visa prestar à Virgem Mãe de Deus o mesmo serviço que lhe prestou outrora São José em Belém. Ou seja, através de coordenadores escolhidos, percorre as cidades, de casa em casa, perguntando:

- Você quer receber Nossa Senhora em seu lar, um dia por mês, para aí nascer seu Filho Jesus? E em nosso País, bem ao contrário do que aconteceu em Belém de Judá, a resposta de milhares de famílias tem sido: - Sim, quero!

 

Em todas as casas que lhe abrem as portas, o Oratório do Imaculado Coração de Maria entra como um raio de sol, iluminando as mentes e afervorando os corações. Reconciliando casais separados, concedendo graças de curas, reconduzindo aos lares adolescentes extraviados. Ajudando a solucionar problemas materiais de toda ordem

Muito mais valiosos são, entretanto, os incontáveis casos de benefícios espirituais. Famílias inteiras que se integram nos movimentos eclesiais da paróquia. Católicos não-praticantes que retomam as práticas religiosas que haviam abandonado.

 

Mas, afinal, em que consiste esse Apostolado? Quem o promove? Com que finalidade?

 

O Apostolado do Oratório ”Maria Rainha dos Corações”  é promovido pela Associação de Direito Pontifício Arautos do Evangelho. Basicamente, esse apostolado consiste em formar grupos de trinta famílias e fazer peregrinar por suas casas um oratório do Imaculado Coração de Maria. Cada grupo receberá assistência e orientação de um Coordenador.

 

Cada família ficará com o Oratório em seu lar uma vez por mês, num dia fixo, a ser combinado com o Coordenador. Nesse dia, ela poderá convidar amigos, parentes e vizinhos para, juntos, fazerem a leitura de um trecho do Evangelho, seguida de alguns minutos de reflexão, rezarem um terço e a consagração da família ao Imaculado Coração de Maria.

Uma vez por mês, serão convidadas todas as famílias participantes para a realização de um ato em comum, na igreja, a devoção reparadora do Primeiro Sábado do mês.